Fruta Desidratada – Conselho da nutricionista Joana Malheiro

Já ouviu falar em fruta desidratada? E já provou?

A fruta desidratada é fruta fresca que sofre um processo de desidratação. Este consiste na aplicação de calor em condições de temperatura, humidade e circulação do ar cuidadosamente controladas. Com este processo, o objetivo é remover a maior parte da água naturalmente presente num alimento por meio da evaporação, através da aplicação de calor, levando a que o tempo de conservação seja superior.

A fruta desidratada relativamente à fruta fresca, poderá ter a vantagem do fácil armazenamento e transporte e do fator crocante, que as pessoas tanto procuram como snack. Acaba por ser prático e ter um sabor doce, bastante agradável capaz de satisfazer as pessoas em momento de gula, sem consumirem algo que seja prejudicial à saúde.

Contudo, apesar de a fruta desidratada conservar a maior parte das propriedades da fruta fresca, ocorrem algumas alterações resultantes do processo de desidratação, como a perda de algumas vitaminas sensíveis ao processo, tal como a Vitamina C (ácido ascórbico), o caroteno e a tiamina (Vitamina B1).

Publicidade

Apesar disso, o produto final é caracterizado por um sabor e textura bastante apelativos e a sua utilização simples, faz com que a fruta desidratada seja uma boa opção de snack.

Organic Healthy Assorted Dried Fruit on a Plate

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.