Parabéns Adelaide João pelos seus 99 anos!

A reconhecida atriz Adelaide João celebra hoje os seus 99 anos. Acarinhada pelo público, mas também pela classe artística, que carinhosamente a trata por Lai Lai.

Adelaide João começou como actriz amadora no grupo de teatro da “Philips”.

O seu talento leva-a a ser convidada pelo realizador Artur Ramos para fazer televisão, estreia-se assim como actriz de televisão (RTP) em “Fim de Semana em Madrid” (1960). Na RTP faz peças como: “A Intrusa” (1960), “A Castro” (1961), “Eva e Madalena” (1962)…

Em 1961 faz a peça “O Consultório” no Teatro Nacional D. Maria II.

Em 1962 participa na peça “A Rapariga do Bar” no Teatro da Trindade (Companhia Nacional de Teatro.

Ainda em 1962, parte para Paris para estudar teatro, sendo-lhe atribuída uma bolsa de estudo pela Fundação Calouste Gulbenkian. Trabalha em várias companhias teatrais francesas.

Em 1965 regressa a Portugal, volta à televisão e integra o elenco da Companhia do Teatro Estúdio de Lisboa (dirigida por Helena Félix e Luzia Maria Martins).

Nos anos seguintes integra a Companhia do Teatro Experimental de Cascais, Teatro Maria Matos, Casa da Comédia, Empresa Vasco Morgado ou Teatro o Bando.

Na televisão faz várias séries, telenovelas, telefilmes e teleteatro. Participa nas primeiras telenovelas portuguesas: “Vila Faia” (1982), “Origens” (1983), “Chuva na Areia” (1985) e “Palavras Cruzadas” (1987). Em séries como: “Histórias Simples da Gente Cá do Meu Bairro” (1965), “Sete Pecados Mortais” (1966), “Os Galos e as Gajas” (1978), “Xailes Negros” (1986), “Cobardias” (1988), “A Árvore” (1991), “Débora” (1998), “A Loja do Camilo” (2000), “Os Batanetes” (2004), “Aqui não há quem Viva” (2007), “Um Lugar Para Viver” (2009)… e novelas como “Nunca Digas Adeus” (2001) ou “Tudo por Amor” (2002)…

Teve papel relevante no grupo Teatro o Bando. Participou num grande número de filmes (portugueses e franceses), trabalhando com realizadores tão diversos como Ernesto de Sousa, José Fonseca e Costa, Manoel de Oliveira, Fernando Lopes, Ricardo Costa, entre outros.

Publicidade

Parabéns querida Lai Lai!

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.