Sintra: “Óperas na Rua”, Gratuitas até ao fim de julho.

Em junho e julho a Câmara Municipal de Sintra organiza as Óperas na Rua, que vai levar música a diversos locais do concelho, com entrada livre.

As Óperas na Rua promovem a democratização ao acesso de espetáculos de ópera, habitualmente, pouco acessíveis à maioria da população.

O Largo do Palácio Nacional de Queluz, o Largo Rainha Dona Amélia, o Largo N. Sr.ª da Natividade em Mem Martins, a Praça Salgueiro Maia em Massamá, os Jardins da Quinta da Fidalga em Agualva-Cacém e a Praceta Sacadura Cabral em Rio de Mouro são os locais que vão receber as Óperas na Rua.

A emoção e intensidade dramática da ópera saem para a rua ao encontro dos seus habitantes e visitantes, num projeto de proximidade com a comunidade.

A ópera na rua é para todos os gostos e idades, para envolver e surpreender moradores e visitantes, numa experiência única, no coração da cidade, em pleno bairro, no meio da rua e próxima do público.

Programação:

12 julho . 21h30
Largo N. Sr.ª da Natividade – Mem Martins

Mozart (Bythemusic)

O grupo “Ópera Viva” homenageia Mozart de uma forma divertida. Com interatividade e excelência musical e artística, este grupo presenteia o público com algumas árias mais emblemáticas do compositor, acompanhados de um quarteto de cordas e Piano. O próprio “Mozart” também estará presente numa encenação divertida em que parece compor os temas que irão ser cantados ao mesmo tempo que vai encenando os próprios cantores. Uma noite à Sec. XVIII com Bodas de Fígaro, Cosi Fan Tutte, O Rapto do Serralho, Don Giovanni, Flauta Mágica, com personagens vestidos a rigor.

13 julho . 21h30
Praça Salgueiro Maia – Massamá

Ópera nas Praças (Bythemusic)

Quando a Ópera chega às Praças, transforma, renova e surpreende. Ópera nas Praças é levar o canto lírico à população da forma mais intensa, carismática, atrativa e bela com uma produção excelente. É transformar a Praça numa festa lírica brilhante e popular onde o público participa também e fica envolvido pelas mais espetaculares árias de Ópera, Canções Napolitanas, Broadway, Canções Líricas, Zarzuelas etc… Um espetáculo memorável com seis conceituados cantores líricos que arrasam com vozes magníficas.

19 julho . 21h30
Jardins da Quinta da Fidalga – Agualva-Cacém

Imaginemos grandes temas do nosso cancioneiro popular e tradicional transportados para um ambiente de época ou o ambiente de época transportado para os nossos dias. Simone de Oliveira, Vitorino, Zeca Afonso, Trovante, e até o Fado interpretados por seis vozes acompanhadas de um ensemble. Um projeto extraordinário que inclui arranjos belíssimos e únicos que unem pequenos trechos de música de grandes compositores como Vivaldi, Mozart etc…com a nossa canção e os nossos compositores. O resultado é uma espécie de Broadway à portuguesa com arranjos musicais e vozes e encenação dos 6 cantores que cantam canções como Desfolhada, Casa Portuguesa, Balada das sete saias de Trovante, medleys de Zeca Afonso, e medleys do nosso cancioneiro popular e tradicional como : Milho Verde, Bailinho da Madeira, Malhão Malhão e muito mais. O público é envolvido por 6 personagens vestidos de Belle Époque que entram na Leitaria Garret (de Vitorino ) e relatam cantando o que por lá se passa. A partir desse momento entram numa Casa Portuguesa (numa casa clássica portuguesa) e contam-nos com canções os sucessos de várias épocas.

26 julho . 21h30
Praceta Sacadura Cabral – Rio de Mouro

Duetos crossover – O canto Lírico no Mundo & Homenagem a Montserrat Caballé (Bythemusic)

Grandes temas que unem o canto lírico ao universo musical pop eternizados por nomes como Andrea Bocelli, Sarah Brightman, Pavarotti, Lara Fabian, Placido Domingo, Montserrat Caballé, Freddy Mercury, Dulce Pontes etc.. interpretados por dois cantores cuja voz faz a ponte entre o registo lírico e o registo ligeiro. A união de dois mundos que se complementam e levam o canto lírico a um público abrangente.

Publicidade

Mais Informações aqui

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.