Festival ao Largo: Orquestra Sinfónica Portuguesa hoje e amanhã no Largo de São Carlos

Carlos Azevedo é não só compositor de música clássica, mas também um importante elemento do movimento jazzístico portuense. Ingressou no Conservatório do Porto em 1982. A obra que será apresentada neste concerto é o resultado de uma encomenda que se integra na celebração dos 25 anos da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

Capricho Espanhol, op.34, amplamente elogiado pela sua orquestração, é uma suite orquestral com cinco andamentos interpretados sem interrupção e composta por Rimsky-Korsakov em 1887. Concebida originalmente para violino solo e inspirada em temas do folclore espanhol, a obra prova que não foram só os compositores franceses a sucumbir aos encantos das paisagens e da música de Espanha.

Com 41 anos de idade, Ludwig van Beethoven (1770-1827) compôs durante o verão de 1812 a sua 8ª Sinfonia em Fá Maior, op.93. Todos os 4 andamentos desta obra são percorridos por uma atmosfera de notável jovialidade e, em muitas passagens, de características alegremente ruidosas. Apesar de já acusar avançados sinais de surdez, foi o próprio Beethoven quem dirigiu a estreia a 27 de fevereiro de 1814 na Redoutesaal, em Viena, precisamente na mesma sala onde a sua 7.ª Sinfonia fora ouvida pela primeira vez dois meses antes.

Publicidade

Mais informação aqui

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.