PÃO pela nutricionista Joana Malheiro


Um dos alimentos portugueses que é adorado por todos, mas muitas vezes é visto como culpado
no aumento de peso!

Mas será mesmo assim?

Não. Todos os alimentos podem levar a um aumento de peso quando consumidos em grandes
quantidades, por isso, o pão quando consumido em quantidades equilibradas e de acordo com
as necessidades nutricionais, poderá ser incluindo numa alimentação saudável.
Hoje em dia, a oferta de pão é enorme, e há uns melhores que outros. Visto que nos perdemos
na quantidade de pão oferecida, qual será o melhor? O melhor pão deve ser aquele que é
constituído por farinha mais escura, mais integral e menos refinada, de forma a conter mais
fibra, vitaminas e minerais, levando a um maior controlo dos valores de glicemia.
Descubra na próxima semana, o que será mais necessário ter em conta no momento de escolha
do pão!

Na escolha do pão, é ainda importante que na lista de ingredientes não tenhamos presente
açúcar e gordura, assim como aditivos ou conservantes na sua constituição. Ou seja, um bom pão deve apenas conter farinha (de preferência integral), agua, levedura e sal.
Relativamente ao valor energético, os pães são idênticos, mas a sua composição nutricional
difere. A fibra é maior no pão de trigo integral ou centeio (média de 7g por 100g) e menor no
pão de trigo ou milho (média de 4g por 100g)


Nutricionista Joana Malheiro

Foto DR

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.